Antecipar restituição do Imposto de Renda: Como e onde solicitar?

O calendário de pagamento da restituição do imposto de renda referente ao ano de 2022 já foi divulgado pela Receita Federal. No total, serão 5 lotes pagos entre 31 de maio e 30 de setembro. Em regra, o primeiro lote é destinado aos grupos prioritários, como idosos acima de 60 anos, pessoas com deficiência e profissionais cujo magistério é a sua principal fonte de renda.

Do segundo lote em diante, a ordem para o recebimento é com base na data de entrega da Declaração de IR. Isso significa que quanto mais cedo você entregar a declaração, mais rápido você receberá a restituição. Quanto ao contribuinte que caiu na malha fina em 2022 e acertou as contas com o leão já recebeu no dia 31 de janeiro deste ano o valor da sua restituição.

Nesse caso, o lote residual de janeiro de 2023 contemplou cerca de 136.565 contribuintes, entre prioritários e não prioritários. Mas se você não se enquadra nesse grupo e precisa do valor da restituição para quitar uma dívida ou atender uma necessidade urgente, saiba que você pode antecipar o valor da restituição do seu imposto de renda.

Bancos como Caixa, Banco do Brasil e outros oferecem uma linha de crédito específica para quem deseja antecipar o valor da restituição do IR. Além de ser bem prático, o serviço conta com condições especiais e, em alguns casos, possibilita a antecipação do valor total da restituição.

Para esclarecer melhor o assunto, preparamos este guia com as respostas para as principais dúvidas. Confira!

O que é a restituição do Imposto de Renda?

Restituição do Imposto de Renda nada mais é do que receber de volta o imposto que pagou “a mais” ao longo do ano anterior. Sendo assim, o pagamento funciona da seguinte forma: ao declarar o seu imposto de renda, a Receita Federal analisa os dados informados e verifica se o valor do imposto cobrado foi justo ou não.

Nos casos em que se confirma que o valor do imposto foi superior ao devido, o excedente é devolvido ao contribuinte. Para fazer essa análise, a Receita Federal colhe informações importantes sobre os rendimentos e gastos (deduções) que o contribuinte teve ao longo do ano que podem ser abatidos no valor do imposto. Nessa situação, a tributação pode ocorrer de duas maneiras.

Por deduções legais/ imposto a restituir

Ao escolher essa opção, o contribuinte deve informar todas as deduções legais que podem ser abatidas no valor do imposto. Nesse caso, pode ser apresentado:

  • despesas com consultas médicas e tratamentos clínicos;
  • gastos com educação;
  • presença de dependentes de até 21 anos;
  • dados referentes aos ganhos na Previdência Privada;
  • contribuição ao INSS.

Com base nessas informações, a Receita Federal analisa a necessidade de restituir parte do valor que foi pago.

Por desconto simplificado/ imposto a pagar

Além da opção detalhada, o contribuinte pode optar pelo processo simplificado. Nesse caso, não há necessidade de enviar documentos que comprovem as deduções, pois o contribuinte recebe um desconto de 20% no valor do imposto a ser pago. Esse percentual é válido para todos os perfis de contribuintes e funciona como uma estimativa dos gastos obtidos.

Por esse motivo, é muito importante analisar bem a forma que será feita a tributação, pois o valor descontado ou reembolsado pode ser maior ou menor do que o esperado. Uma dica, é considerar a quantidade de deduções que você teve ao longo do ano. Se foram muitas, vale a pena enviar a declaração detalhada, caso contrário, é ideal escolher o desconto simplificado.

Lembrando que o valor varia conforme a realidade de cada contribuinte, por isso não há como definir o valor que será devolvido pela Receita. Vale mencionar que a situação oposta também pode acontecer, se com base nos dados enviados ficar confirmado que você pagou menos impostos, além de não receber a restituição, a Receita Federal combrará a diferença que falta.

Antecipação do Imposto de Renda para fazer empréstimo: é possível?

Durante o período de envio das Declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), é comum que os bancos ofereçam aos seus clientes a possibilidade de antecipar o valor que será restituído pela Receita. Mas antes de aceitar a proposta, é preciso ter em mente que a antecipação da restituição funciona como um empréstimo consignado. Logo, a cobrança de encargos pela contração do serviço.

Diante disso, a antecipação da restituição é indicada em situações em que o contribuinte precisa do valor para solucionar uma demanda urgente ou pagar uma dívida que possui juros maiores que a cobrada pelo banco para realizar a antecipação. Lembrando que a linha de crédito concedida ao contribuinte é garantida pelo mesmo banco que foi informado na Declaração do IR. Ok?

Como antecipar restituição do Imposto de Renda

Como mencionamos, a antecipação da restituição é feita pelo mesmo banco que o contribuinte indicou na Declaração do IR para receber o valor a que tem direito. Sendo assim, para solicitar a antecipação da restituição do imposto, basta entrar em contato diretamente com a instituição informada.

Nesse caso, o processo de aprovação do crédito pode variar conforme o banco. No entanto, a condição básica para conseguir antecipar a restituição é:

  • ser correntista do banco;
  • ter direito à restituição no mesmo ano em que o empréstimo está sendo solicitado;
  • ter informado na declaração que deseja receber a restituição no mesmo banco que fará o empréstimo.

Como declarar empréstimo no IR 2022?

Se você solicitou empréstimo ou financiamento durante o ano de 2022, saiba que é necessário incluir esses dados na Declaração do Imposto de Renda. Isso porque a Receita Federal compara os valores gastos com o pagamento das mensalidades do empréstimo com o valor do rendimento informado. Assim, consegue avaliar o patrimônio apresentado pelo contribuinte.

Então, se você contratou ou quitou valores superiores a R$ 5.000 em 2022 é obrigatório informar à Receita Federal. Lembrando que essa condição também se estende aos trabalhadores CLT que contrataram o empréstimo consignado privado. Sendo assim, para declarar o empréstimo no IR você precisa, primeiramente, acessar o site da Receita Federal para baixar o programa do Imposto de Renda e siga o seguinte passo a passo:

  1. informe o tipo de declaração que deseja enviar;
  2. selecione a opção “Dívidas e Ônus Reais”;
  3. escolha a especificação do credor;
  4. insira as informações do empréstimo.

Como declarar empréstimo consignado no IR 2022

Aposentados e pensionistas do INSS também devem declarar empréstimo no Imposto de Renda caso o valor solicitado tenha sido maior que R$ 5 mil. O passo a passo para declarar empréstimo consignado é o mesmo apresentado no tópico anterior, contudo, é necessário ter em mãos o extrato do INSS para informar os seus seus rendimentos.

Bancos que fazem antecipação do Imposto de Renda 2023

Agora que você já sabe como funciona a antecipação da restituição do imposto de renda, confira quais são os bancos que liberam o empréstimo.

Antecipar restituição do imposto de renda Banco do Brasil

Para os contribuintes que optaram por receber a restituição do IR pelo Banco do Brasil, a instituição oferece uma linha de crédito que viabiliza a antecipação do valor a ser recebido. E o melhor é que em restituições de até R$ 20 mil, o BB consegue antecipar para o contribuinte o valor total.

Quanto ao pagamento, o contribuinte pode quitar o valor do empréstimo em parcela única assim que receber a restituição ou na data de vencimento do contrato. Nesse caso, vale o que acontecer primeiro.

Antecipar restituição do imposto de renda Bradesco

Assim como o Banco do Brasil, o Bradesco também antecipa o valor total da restituição e permite que o contribuinte pague em uma única parcela. Nesse caso, o contribuinte pode contratar o empréstimo com valor mínimo de R$ 200 e máximo R$ 50 mil. A contratação do serviço pode ser feita pelo aplicativo ou em uma agência bancária, desde que você tenha em mãos a cópia do recibo da declaração atual.

Antecipar restituição do imposto de renda Itaú

Para somar a lista de bancos que antecipam a restituição do IR, o Itaú também oferece para os seus clientes essa possibilidade. Sendo assim, tem como diferencial a liberação imediata do valor solicitado e o contribuinte só paga quando receber a restituição.

Antecipar restituição do imposto de renda Santander

Quem é correntista do Santander também pode solicitar a antecipação da restituição que irá receber de maneira rápida e sem burocracia. Assim como os demais bancos, o contribuinte pode antecipar o valor total da restituição e pagar somente quando receber o valor.

Antecipar restituição do imposto de renda Caixa

Por fim, os correntistas da Caixa que indicaram o banco na Declaração do IR, também têm acesso ao serviço de adiantamento da restituição. A contratação do serviço é feita de maneira rápida e prática e a Caixa libera o valor em até 24 horas.

Vantagens e desvantagens

Prós

– Sem cobrança de tarifas bancárias;
– Acessível para todos os públicos;
– Dinheiro disponível em momentos de necessidade.

Contras

– Cobrança de taxa de juros.

Como mencionamos ao longo deste conteúdo, a antecipação da restituição do IR nada mais é do que um empréstimo concedido pelo banco. Então, assim como as demais linhas de crédito, esse serviço possui cobrança de juros que deve ser levado em consideração pelo contribuinte.

Sendo assim, em situações em que não há necessidade de uma solução financeira imediata, a solicitação do adiantamento da restituição pode ser desvantajosa devido ao pagamento de juros. Por outro lado, se você precisa de um dinheiro rápido, a solicitação do empréstimo com garantia no valor da restituição pode ser uma escolha assertiva.

Isso porque, entre as modalidades de empréstimos disponíveis, essa possui a vantagem de ser mais acessível, não ter a cobrança de tarifas e os juros serem mais baixos. Contudo, para saber se realmente vale a pena antecipar o valor da restituição basta analisar a sua realidade financeira e as condições que justificam a contratação do serviço.

Portanto, essas são as principais informações se você quer antecipar restituição do Imposto de Renda. Para saber se você tem direito de receber parte do valor gasto em impostos, basta acessar o site da Receita Federal e, na lista de serviços, clique em “Consultar a Restituição“.

PRIMÁRIOS:

TISU DARK V5 (VERMELHO)

DOWNLOAD

TISU DARK V5 (ROXO)

DOWNLOAD

Sobre Juliana Gomes 119 Artigos
Hello! My name is Juliana Gomes and I am the author and administrator of the Our Finances Now website, I will always be here to help you with whatever you need about our website.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*